24 de mai de 2017

Novo número: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação



A Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação acaba de publicar seu último número, disponível em http://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci.
Sumário
Editorial
Editorial: Profissional da informação, bibliotecas universitárias e a produção da informação no contexto atual (282-288). Gildenir Carolino Santos, Danielle Thiago Ferreira.
Artigos
·         O arquivista como moderno profissional da informação (MIP): análise de competências à luz da literatura e da formação curricular (289-307). Jorge Santa Anna.
·         O profissional da informação e a dramaturgia infantil: estudo sobre a produção científica em periódicos da ciência da informação entre 2000 e 2011 (308-323). Clarice Fortkamp Caldin, Deyse Soares.
·         Visualização de informação para simplificar o entendimento de indicadores sobre avaliação da ciência e tecnologia (324-348). Mirian Clavico Alves, Leandro Innocentini Lopes de Faria, Roniberto Morato do Amaral.
·         Violência contra a mulher: uma relação entre dimensões subjetivas e a produção de informação. (349-367. Mariana de Lima Campos, Gustavo Henrique Moreira Dias Almeida.
·         Indicadores da produção colaborativa na arquitetura da informação (368-388). Zayr Claudio Gomes da Silva, Edivanio Duarte de Souza.
·         Segurança da informação em bibliotecas universitárias: a atuação do bibliotecário no planejamento e na implantação de políticas institucionais (389-419). Juliana Soares Lima, Ana Rafaela Sales de Araújo, Francisco Edvander Pires Santos, Luiz Gonzaga Mota Barbosa, Izabel Lima dos Santos.
·         Gestão estratégica empresarial: proposição de um modelo de monitoramento informacional na era do big data (420-441). Orandi Mina Falsarella, Celeste Aída Sirotheau Corrêa Jannuzzi, Cibele Roberta Sugahara.
Artigo de Pesquisa
·         Bibliotecas universitárias das instituições estaduais de ensino superior paranaenses e a mediação da informação no Facebook (442-468). João Arlindo dos Santos Neto, Oswaldo Francisco de Almeida Júnior.
·         As percepções e práticas de publicação em acesso aberto dos pesquisadores de dois programas de pós-graduação em engenharia (469-488). Ariadne Chloe Furnival, Daniel Andre Rigo Guirra.
·         Proposta de aplicabilidade da preservação digital ao prontuário eletrônico do paciente (489-507). Virginia Bentes Pinto, Odete Máyra Mesquita Sales.
Resenha
·         Para saber mais além... (508-512). Gildenir Carolino Santos.
________________________________________________________
Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação http://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci

João Pessoa: das 97 escolas da Prefeitura da Capital, apenas 26 têm biblioteca



Fonte: Blog Rubão Nóbrega. Data: 19/04/2017.
A rede pública de educação do município de João Pessoa tem biblioteca em apenas 26 das suas 97 escolas. Nos outros 71 educandários sem biblioteca, o que existe são “salas adaptadas”. Além disso, em vez de bibliotecários, professores são improvisados na função.
As revelações foram feitas ontem (18) por Gilberto Cruz, diretor de Gestão Curricular da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Sedec), em audiência na Câmara da Capital, convocada pelo vereador Lucas de Brito (PSL) para debater a implementação da Lei Federal 12.244/2010, que obriga toda instituição de ensino, pública ou privada, a instalar pelo menos uma biblioteca até o ano 2020.
A sessão da qual o representante da Prefeitura de João Pessoa participou foi proposta também para comemorar o Dia Nacional do Livro Infantil e nela Gilberto Cruz lamentou que a PMJP enfrente “uma burocracia no sistema de financiamento à Educação que nos deixa ‘amarrados’ sem fazer encaminhar o processo de contratação de pessoas qualificadas para trabalhar em nossas bibliotecas”.
Nos termos da Lei 12.244/2010, além da obrigatoriedade de uma biblioteca, as escolas terão que contratar bibliotecários e oferecer um acervo de livros que corresponda a, pelo menos, um título para cada estudante matriculado.
Também presente ao debate, o estudante Luís Felipe da Silva, vice-presidente do Centro Acadêmico de Biblioteconomia da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), alertou que o cumprimento da lei não pode ser atestado pela instalação de meros depósitos de livros, em vez de bibliotecas dignas do nome. E lembrou ainda a necessidade de a cidade ter a sua própria biblioteca.
Lucas de Brito reconheceu que a situação atual não dá motivo para comemorações e criticou o fato de João Pessoa ser a terceira capital mais antiga do Brasil e ainda não ter uma biblioteca pública municipal. O vereador advertiu, de outro lado, que o município não pode deixar para se ajustar à norma (a Lei 12.244/2010) de última hora.
“Isso é algo que tem que ser pensado e encaminhado agora, prevendo recursos para a efetivação da universalização de bibliotecas e a contratação de profissionais bibliotecários através de concurso público”, disse, sugerindo à Sedec que, enquanto não se instala a biblioteca municipal, os alunos das escolas mantidas pela PMJP disponham de transporte para frequentar a Biblioteca do Espaço Cultural.

Novo número: Informação & Informação



A revista Informação & Informação publicou o v. 21, n. 3 de 2016, disponível em http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/informacao.
Sumário
Editorial (01-04). Brígida Maria Nogueira Cervantes
Artigos
·         Colégio invisível, revisão pelos pares e normalização documentária na revista do instituto histórico e geográfico de São Paulo (05-33). Carlos Roberto Massao Hayashi, Camila Carneiro Dias Rigolin Vera Aparecida Lui Guimarães, Maria Cristina Piumbato Innocentini Hayashi.
·         Análise da produção científica da arquivologia no Brasil: uma revisão de literatura (34-62). José Mauro Gouveia de Medeiros, Jayme Leiro Vilan Filho.
·         Metodologia para Análise de Conteúdo Qualitativa integrada à técnica de Mapas Mentais com o uso dos softwares Nvivo e FreeMind (63-100). José Leonardo Oliveira Lima, Miriam Paula Manini.
·         Design thinking como estratégia de inovação em bibliotecas (101-123).   Jordan Paulesky Juliani, Diego de Castro Vieira, Deborah Medeiros, Douglas Paulesky Juliani.
·         Serviço de Referência virtual via chat: uma análise comparativa de softwares para soluções de chat (124-148).       Natalia Nakano, Maria José Vicentini Jorente, Mariana Cantisani Pádua.
·         Os nativos digitais e as bibliotecas universitárias: um paralelo entre o novo perfil do usuário e os produtos e serviços informacionais (149-184). Thais Batista Zaninelli, Maria Inês Tomaél, Eliane Maria da Silva Jovanovich, Ramon Fernandes Lourenço, Elismar Vicente dos Reis.
·         Presença de e-books nos acervos de bibliotecas universitárias (185-206). Gabriele Maris Pereira Fenerick, Marcia Regina Silva, Ieda Pelógia Martins Damian.
·         A utilização do Ica-Atom como plataforma de acesso, difusão e descrição dos documentos arquivísticos de instituições públicas (207-227). Eliseu dos Santos Lima, Daniel Flores.
·         Educação Corporativa na perspectiva da Inteligência Organizacional (228-257). Kelly Cristina Wilhelm De Toni, Lillian Maria Araújo de Rezende Alvares.
·         Análise do processo de gestão da informação nos projetos artístico-culturais desenvolvidos pelo Centro Cultural Piollin (258-285). Bruno de Araújo Ribeiro,            Júlio Afonso Sá de Pinho Neto.
·         Os Grupos de Apoio como canal de compartilhamento da informação e do conhecimento (286-305). Armando Sergio de Aguiar Filho, Monica Erichsen Nassif.
·         Informação e Memória no Tribunal de Contas da União (1970-2004) (306-326). Ana Lucia de Abreu Gomes, Daniele Galvão Pestana Nogueira.
·         Configuração da Informação? (327-360). Lauro Cesar Araujo, Mamede Lima-Marques.
Pontos de Vista
Ética em pesquisa com seres humanos na web: o caso da Plataforma Brasil
(361-375). Nelma Camelo Araujo, Deise Francisco Juliana.