30 de jul de 2013

Desenvolvimento de coleções eletrônicas



Questões fundamentais para o desenvolvimento de coleções com recursos eletrônicos: Um guia para as Bibliotecas. Tradução para o espanhol já disponível.
Elaborado pela Seção de Aquisições e Desenvolvimento de Coleções- IFLA.

26 de jul de 2013

Novo número: Ciência da Informação

Acaba de sair o v. 40, n. 3, 2011, da revista Ciência da Informação.
Sumário
Artigos originais
Red social de co-autoria de los servicios bibliotecarios en la WOS. Floriselda Cuesta Rodríguez, Idalmis Cabrera Morales, Anisley Cano Inclán.
A interoperação com repositórios digitais: protocolos e exemplos. Alessandra Pereira Rodrigues, Liane Margarida Rockenbach Tarouco, Marcelo Augusto Rauh Schmitt, Sílvio César Cazella.
Mediação da informação para agentes sociodigitais: o salto. Bárbara Coelho Neves.

Relato de Experiência

Las políticas de información europeas como acción clave para el desarrollo de la ciencia de la información. Mercedes Caridad-Sebastián, Ana María Morales Garcia, Fátima García López.
Controle de protocolo georreferenciado. Vitor Vieira Vasconcelos.

Revisões de Literatura



Pearson vai acelerar negócios na educação

Fonte: Valor Econômico. Data: 19/07/2013.
Autoria: Beth Koike.

Presente em mais de 70 países, a britânica Pearson , dona do jornal "Financial Times", da editora Penguin e de uma vasta operação de negócios na área de educação, tem uma nova estratégia, mais agressiva, no Brasil. O país é um dos quatro mercados prioritários, ao lado de China, Índia e África do Sul, para novos investimentos. A meta é chegar em 2018 como um dos cinco maiores grupos educacionais do país por meio de crescimento orgânico de 20% ao ano e aquisições. Hoje, a Pearson se posiciona entre as dez maiores no mercado brasileiro. [...] Nos últimos anos, a empresa destinou cerca de US$ 1 bilhão para aquisições na Índia, China e Brasil. A maior fatia foi para o mercado brasileiro, onde a Pearson comprou os sistemas de ensino COC, Dom Bosco, Pueri Domus e Name por R$ 888 milhões em 2011.

25 de jul de 2013

Evento: Pesquisa em Ciência da Informação

O IX Workshop Internacional de Ciência da Informação (WICI) é um evento anual promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade de Brasília. O WICI tem como objetivo promover o debate em torno da pesquisa realizada no âmbito da Ciência da Informação, considerando ainda aspectos do desenvolvimento e da inovação nesse campo. Na edição de 2013, o debate girará em torno das políticas de informação em curso no país e no mundo, especialmente as políticas públicas de acesso à informação, incluindo reflexões sobre condições de acesso e de comunicação. A organização do evento convida toda a comunidade científica a submeter seus trabalhos.
A conferência de abertura do IX WICI contará com a participação do Prof. Dr. Jerôme Fromageau, da Université Paris-Sud, sobre o tema As políticas públicas de acesso às informações: condições de acesso e de comunicação dos documentos públicos sob a perspectiva europeia e internacional.
As demais atividades estão organizadas em Mesas Redondas – que contarão com convidados brasileiros e estrangeiros, apresentações de trabalhos submetidos e Seminários dos Grupos de Pesquisa, que abordarão a pesquisa e o desenvolvimento a partir de diversas perspectivas de tópicos da Ciência da Informação e áreas correlatas.
As mesas redondas debaterão os seguintes temas:
·                     Pesquisa Participativa e Open Science: Desafios e Oportunidades, Prof. Dr. Leslie Chan, University of Toronto;
·                     Inteligência Competitiva e a Organização 2.0, Profa Dra Kira Tarapanoff, Universidade de Brasília;
·                     Explorando a Dinâmica das Redes Complexas entre Empresas, Profa Dra Brigitte Gay, Toulouse Business School;
·                     Ciência, Gestão de Documentos e Arquivos, Dr. Paulo Roberto Elian dos Santos, Diretor da Casa de Oswaldo Cruz;
·                     Coleções e Museus Científicos: uma Utopia  Promissora, Prof. Dr. Michel Van Präet, Professor Emérito do Museum National d´Historie Naturelle, Paris;
·                     La Fotografía, Memoria de la Historia e Imagen del Mundo en Tiempo Real,    Prof. Dr. José Antonio Moreiro González, Universidad Carlos III de Madrid;
·                     Conocimientos y Opiniones de los Evaluadores de Carrera Docente Investigador Respecto de las Publicaciones de Acceso Abierto en Argentina, Brasil y México, Profa Dra Paola Bongiovani, Universidad Nacional de Rosario, Argentina;
·                     Censo de Coleções Fotográficas Iberoamericanas, Prof. Dr. Juan Miguel Sanchéz Vigil, Universidade Complutense de Madrid;
·                     A Representação nos Arquivos: Classificação, Descrição e Recuperação de Documentos de Arquivos, Profa Dra Johanna W. Smit, Universidade de São Paulo.

Data: 4, 5 e 6 de dezembro de 2013
Local: Auditório da Faculdade de Ciência da Informação - Universidade de Brasília, Brasília, DF.

Evento: Gestão do Conhecimento

O I Congresso ISKO Espanha e Portugal, sob o tema Informação e/ou Conhecimento: duas faces de Jano, organizado pelo centro de investigação CETAC.MEDIA, terá lugar nos dias 7 a 9 de novembro de 2013 na Faculdade de Letras da Universidade do Porto.
Detalhes no URL:

Criada a Associação dos Bibliotecários do Estado de São Paulo

Fonte: ABRAINFO. Data: 19/07/2013.

Foi criada, no dia 17 de julho, a Associação dos Bibliotecários do Estado de São Paulo (ABESP). A diretoria inicial, que tem a responsabilidade de promover o registro da associação nos órgãos competentes, é formada por Maria Cecília Rizzi Lima, Maria Lucia Beffa, Ana Valéria Marioto e Izabel Martins. Vida longa à ABESP!

24 de jul de 2013

Biblioteca Digital Domínio Público


"A menina que roubava livros" é o mais lido nas penitenciárias



Fonte: Folha de S. Paulo. Data: 24/07/2013.
Autoria: Mônica Bergamo .
O livro A menina que roubava livros, de Markus Zusak, é o mais lido nas penitenciárias federais do Brasil, segundo a coluna de Mônica Bergamo. Segundo levantamento do Ministério da Justiça, ‘O menino do pijama listrado’, de John Boyne, e O caçador de pipas, de Khaled Hosseini, ficaram em segundo e terceiro lugares, respectivamente, na preferência dos presos. A nota comenta também que o primeiro título brasileiro a figurar na lista é Nunca desista dos seus sonhos, de Augusto Cury, em quarto lugar entre os presidiários.

Volkswagem inaugura biblioteca em São Carlos



Fonte: SEGS. Data: 24/07/2013.
URL: www.segs.com.br/categoria-veiculos/125767--volkswagen-do-brasil-inaugura-biblioteca-na-unidade-de-sao-carlos-.html
A Volkswagen do Brasil inaugurou nesta terça-feira (23/7), na fábrica de São Carlos, a Biblioteca Volkswagen, especialmente concebida pela Fundação Volkswagen, em parceria com o Instituto Brasil Leitor, com objetivo de incentivar a leitura entre os colaboradores das fábricas, seus familiares e comunidade.
O evento contou com a presença do superintendente da Fundação Volkswagen, diretor de Assuntos Jurídicos da Volkswagen do Brasil e responsável pelo tema Sustentabilidade na empresa, Dr. Eduardo Barros, da diretora da Fundação Volkswagen, Conceição Mirandola, do gerente executivo da fábrica, Andreas Hemmann, do presidente do Instituto Brasil Leitor (IBL), Wiliam Nacked, do Secretário Municipal de Cultura, Ney Vilela e de demais autoridades municipais.
De acordo com o diretor de Assuntos Jurídicos da Volkswagen do Brasil e responsável pelo tema Sustentabilidade na empresa, Dr. Eduardo Barros, com a inauguração da Biblioteca Volkswagen em São Carlos a capacidade de atendimento aos leitores será incrementada em 2.400 pessoas, entre colaboradores e familiares. “A leitura é o maior bem que proporcionamos a nós mesmos. Com os livros não há tédio, eles garantem que nunca estaremos sozinhos”, disse.
O presidente do Instituto Brasil Leitor (IBL), Wiliam Nacked, também destacou a atuação da Volkswagen no incentivo à leitura. “A Volkswagen do Brasil é a empresa que mais investe em leitura no País, com uma biblioteca em cada um de suas fábricas e com mais de 20 mil empréstimos em quatro anos de atividades”, afirmou.
Em São Carlos, o acervo oferece 2.500 títulos entre livros técnicos e industriais, destinados a profissionais e jovens em formação profissional como estagiários e aprendizes do Senai, além de uma grande variedade de títulos da literatura nacional e internacional, que incluem desde os clássicos de Machado de Assis até os mais recentes best-sellers, como o "O Caçador de Pipas", e títulos infanto-juvenis, como "Harry Potter". Também estão disponíveis livros de negócios, de administração e idiomas.
 “Com a inauguração em São Carlos, a Volkswagen do Brasil completa o processo de implantação de bibliotecas em suas quatro fábricas, reforçando o compromisso da companhia em realizar ações que contribuam para a melhoria da qualidade da educação”, disse Conceição Mirandola, diretora da Fundação Volkswagen.
Bibliotecas Volkswagen
Além de São Carlos, as unidades da Volkswagen do Brasil em São Bernardo do Campo (SP), Taubaté (SP) e São José dos Pinhais (PR) também contam com a Biblioteca Volkswagen.
O acervo das três bibliotecas juntas reúne cerca de 12 mil livros, que geraram mais de 20 mil empréstimos em quatro anos de atividades. A biblioteca da fábrica de São Bernardo do Campo foi inaugurada em 2009 e conta mais de 2 mil sócios cadastrados e já ultrapassa 6.000 exemplares no acervo.
Inaugurada em 2012, a da unidade de Taubaté possui  2.700 livros. Já a biblioteca da fábrica de São José dos Pinhais foi inaugurada em 27 de agosto de 2010, com acervo de aproximadamente 2.500 exemplares. Periodicamente, são realizadas campanhas e concursos culturais para premiar os leitores mais assíduos e também atrair novos sócios.

SCIELO na África do Sul



Foi realizado nesta segunda-feira (22/07) em Pretória, na África do Sul, um evento comemorativo da certificação da coleção da SciELO South Africa. Após quatro anos de desenvolvimento, a plataforma de acesso aberto a periódicos científicos do país africano obteve em abril a certificação de que sua coleção de revistas científicas atende aos critérios de qualidade da Rede Scientific Eletronic Library Online (SciELO), apoiada pelo programa SciELO da FAPESP.
Detalhes no URL: http://www.scielo.org.za/

23 de jul de 2013

Verba para bibliotecas públicas paulistas

A Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo acaba de publicar o Edital Edital ProAC nº 21/2013 - Modernização das bibliotecas públicas municipais.
O período de vigência: 22/07/2013 a 18/09/2013.

URL: www.cultura.sp.gov.br/portal/site/SEC/menuitem.743e24c3aed90ec40fc55410e2308ca0/?vgnextoid=1612379b746af310VgnVCM1000008936c80aRCRD&vgnextfmt=default

Abaixo alguns detalhes do documento:
I. DO OBJETO
1. Seleção de 05 (cinco) projetos que contemplem a modernização das bibliotecas públicas municipais que integram o Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas do Estado de São Paulo, com prêmio de R$50.000,00 (cinquenta mil reais) cada.
2. O presente edital objetiva selecionar projetos voltados para a modernização e qualificação de bibliotecas públicas municipais com vistas ao fortalecimento, ao estímulo e fomento à leitura no Estado de São Paulo.  As propostas poderão versar sobre:
·                    instalação de GIBITECAS: visando difundir a leitura entre crianças e jovens;
·                    BEBETECAS: projetos destinados ao letramento infantil;
·                    serviços especializados para atender idosos e/ou pessoas com deficiência;
·                    criação e/ou aprimoramento da área infantil da biblioteca;
·                    criação de serviços de acesso à internet para a comunidade;
·                    apoio na atualização dos acervos entre outras atividades que visem estimular a frequência e participação da comunidade nas bibliotecas;
·                    melhoria na ambiência da biblioteca.

2. O valor máximo de apoio aos projetos selecionados neste Concurso será de R$250.000,00 (duzentos e cinquenta mil reais).”